quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

NATAL EM FOCO


Queridos leitores, amigos, focas, profissionais...

em 2009, vivemos dias bons e ruins, compartilhamos novidades e dores, falamos de coisas boas, muito boas e não tão boas. Muitos nos acompanharam de longe e isso fez com que estivessem ao mesmo tempo muito perto. Através do Ensaios em Foco fizemos planos, crescemos, renovamos nossas vidas e conceitos e ganhamos muitos amigos.

Caminhamos por 365 dias entre rotinas, mudanças, novidades, tristezas, dificuldades, felicidades, realizações, desafios vencidos, planos frustrados, ideias para novos projetos e mais uma porção de novas vivências e aprendizados indescritíveis, impensáveis, imprevisíveis e completamente pessoais. O importante foi que estivemos juntos, entendendo-se ou não, apoiando-se ou não, não deixamos de manter o vínculo que nos une, fosse pela relação com as fontes, com os amigos que sugeriram novos textos, com os comentaristas de plantão, com todos os leitores e seguidores que estiveram por aqui durante todo o ano.

Tudo que fizemos por aqui foi válido e proporcionou um aprendizado único e valioso.

Chegamos ao fim de mais um ano. Quando dezembro começa, respiramos fundo, pensamos que vencemos e ganhamos a melhor época do ano: natal, festas, férias, ano novo. Somos tomados pelo sentimento de renovação. Final de ano sempre traz essa sensação de que ganhamos a chance de rever o que passou e planejar coisas novas e boas. Pena que quando o ano começa, nossos planos desandam e caimos na mesmice de sempre.

Então, em 2010, desejaremos mais que saúde, felicidades e paz a todos que nos acompanham. Afinal, esses desejos são constantes em nossas vidas, independente da época do ano. Nascemos, crescemos e vivemos desejando tudo isso, sempre, em todos os lugares para todas as pessoas.

Pois em 2010, desejaremos a diferença. Desejaremos viver com a plena consciência de que nossos desejos mais simples mudam o mundo. Somos capazes de transformar, crescer, construir, mudar. Então, começaremos esse novo ano, que não será o único de nossas vidas, com o desejo de saber mais, conhecer mais, viver mais e melhor. Fazer mais por nós e por todos. Sermos pela paz e propagarmos a paz.

Que em 2010, todos sejamos capazes de parar e pensar. Que sejamos incapazes de deixar de lado quem amamos, que sejamos incapazes de viver longe um do outro, que sejamos sinceros com nós mesmos. Que possamos sempre repensar nossos atos e saber a hora certa de voltar atrás e pedir perdão. Que todos possamos compartilhar de momentos preciosos e inesquecíveis. Que as amizades sejam renovadas e fortalecidas.
Que tenhamos muitas notícias boas para escrever aqui. Que todos possam vir ao "Ensaios..." descobrir algo bom, se encontrar em fotos legais, fazendo o bem, propagando paz.

Desejo a todos os queridíssimos leitores, seguidores, amigos, focas e jornalistas um ano bom e que os valores que conceituam "família" e "amigos" sejam um motivo maior para todos e se sobressaiam sempre que a tristeza, as dores e o desânimo quiserem reinar.

Que possamos sempre lembrar que aquilo que ensinamos é o que fica de nós. Então, saberemos enfim, que as perdas são menores que os ensinamentos que trocamos. Pois eles sim, ficam para sempre. E o "Ensaios em Foco" espera estar deixando por aqui um bom pedacinho de paz.

Um feliz natal a todos e um 2010 de paz e prosperidade!
E que o ano novo traga ainda mais música, mais educação, mais cultura, mais saúde, mais esporte e tudo de mais e melhor!
Que nossas fontes sejam protagonistas de belas histórias, nossos leitores encontrem motivos para sorrir e todos possamos aprender a construir um futuro melhor, tanto pessoal quanto profissional.

Talita Guimarães Santos Sousa

Foca do Ensaios em Foco

"Vamos seguindo a trilha de Jesus
Que Ele continue abençoando-nos
Encorajando-nos, iluminando-nos...
Por sua Paz inquieta, que somente Ele pode nos dar
Seja também o projeto de Amor e Dons recíprocos"
(Jorge Leão)

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

CINE FILOSÓFICO NATALINO

Cine Filosófico exibe o "Ballet Quebra Nozes"em sessão natalina
Em sessão especial, na próxima quarta-feira, 23, o Cine Filosófico exibirá a partir das 18h30 no IFMA- Campus Monte Castelo o "Ballet Quebra Nozes".
Confira abaixo um pouco da fascinante história:
O Quebra- Nozes é uma peça de Ballet Clássico que pertence a categoria dos Repertórios. Esta peça foi inspirada em um trecho de um conto chamado Nussknacker und Mauserkonig (O Quebra- nozes e o Rei dos Camundongos) de E.T.A. Hoffmann na interpretação francesa de Alexandre Dumas, sendo coreografada por Marius Petipa e Lev Ivanov e com música de Peter Tchaikovsky. Estreou-se em palcos no dia 18 de Dezembro de 1892 no Teatro Mariinsky em São Petersburgo, Rússia e consolidou o nome deste país como o centro mundial da dança clássica, ao invés da França. O bailado passa-se durante o século XIX na Europa Oriental. Jans Stahlbaum, médico e prefeito da cidade, realiza uma grande festa na noite de Natal para sua família e amigos. Seus filhos, Clara e Fritz, aguardam ansiosos pelas prendas, festejos e pelo padrinho de Clara, Herr Drosselmeyer que um mágico feitor de brinquedos.Drosselmeyer chega e entretem a todos com seus bonecos mecânicos que dançam. Chega a hora da distribuição das prendas e todas as crianças estão felicíssimas. Clara recebe do padrinho uma prenda diferente: um quebra-nozes com roupas de soldado, mas que parte-se quando o irmão cria uma grande confusão por ciúmes da irmã. Herr Drosselmeyer conserta o boneco e consola Clara. A festa termina e todos partem e os moradores vão dormir. Clara sonha com a árvore de natal para estar perto do seu quebra-nozes, mas na sala escura, Clara acorda assustada por que está sendo atacada por uma legião de ratos liderados pelo Rei dos Ratos mas seu quebra-nozes toma vida e enfrenta-os para defende-la. Eles travam uma batalha feroz e terminam por estarem feridos mortalmente. Os ratos levam o seu rei e Clara fica em companhia do seu quebra-nozes e são as suas lágrimas que quebram um encanto transformando o boneco em um príncipe, sobrinho do Herr Drosselmeyer. O príncipe agradecido convida Clara para uma viagem e eles partem juntos para o Reino Encantado. Visitam, primeiramente, a Terra da Neve e são recebidos por flocos de neves dançantes. Depois, entram na Terra dos Doces onde são recebidos pela Fada Açucarada e seus súditos, Chocolate Quente da Espanha, Café da Arábia, Chá Chinês, Pirulitos, Marzipans, Mamãe Bombom com seus polichinelos e Gotas de Orvalho e suas Guirlandas de Flores (algumas destas denominações podem ser mudadas a depender do idioma - em ingles é Sugar Plum Fairy, as danças das celebrações são The Spanish Dance, The Arabian Dance, The Russian Dance, The Chinese Dance, The Mirliton Dance, The Waltz of Flowers, e o Pas de Deux é dançado pela Sugar Plum Fairy and the Cavalier). Todos os súditos dançam para prestar homenagem ao príncipe e sua acompanhante, Clara. Logo depois, Clara percebe que precisa retornar e abandona o Reino Encantado ao acordar mas leva consigo todas as lembrança maravilhosas daquela noite encantada.

sábado, 19 de dezembro de 2009

MOSTRA EM FOCO

Mostra de talentos do IFMA revela jovens cantores em tarde de programação diversificada
Texto e fotos por Talita Guimarães
De Mamonas Assassinas a Tom Jobim. A II Mostra de Talentos do IFMA contemplou música para todos os gostos. Totalizando a apresentação de 12 grupos, entre corais, bandas, trios e cantores solo, a segunda edição do festival trouxe para a área de vivência do Instituto Federal do Maranhão, na tarde do sábado, 19, uma vasta programação musical com os talentos descobertos entre os alunos dos mais variados cursos do instituto.
A II Mostra de Talentos do IFMA foi aberta por volta das 15h com a apresentação especial do projeto Cultura em Tom Maior, desenvolvido no Sesi com cerca de 50 jovens entre 11 e 18 anos. O trabalho gira em torno da educação musical dos alunos do Sesi e abraça o ensino de violão, canto, flauta e percussão. Segundo Gustavo Correia, professor que regeu o grupo na mostra, a atividade exerce profunda influência na formação cultural e intelectual dessas crianças e adolescentes. No repertório, canções natalinas e música popular brasileira.
Em seguida, o Coral Corpo e Voz, formado por alunos e servidores do IFMA encantou o público com a apresentação de canções de natal como “Noite Feliz”. Na sequência, foi a vez do jovem Ruan, talento revelado na primeira edição da mostra em 2008, voltar a soltar a voz no instituto acompanhado do violão do professor Jorge Leão e bateria de Fernando Sobrinho (Mobille/Absintho). Danilo Palavra ao violão e Douglas Jorge no vocal, foi a dupla de alunos do curso de design do IFMA que deu continuidade as apresentações. A dupla cantou clássicos como “Coleção”, “Oceano” e “Sorri” (Smile). Seguindo a linha de boa música brasileira, o trio Estilyarte, formado pelos alunos André Diogo (violão), Karla Mariana (voz) e Rossana Barros (voz) trouxe ao público as canções “Devolva-me” e “Sozinho” e em seguida contou com a participação especial da cantora Ana Paula (Corpo e Voz) nas canções “Eu sei que vou te amar” e “Mais que nada”.
O rock e as bandas também tiveram seu espaço garantido. Inaugurando o momento irreverente da mostra, a banda Flagelo rememorou sucessos dos Mamonas Assassinas. A veia instrumental entrou na sequência, com a banda do estudante do IFMA Pedro. O rock autoral encheu a área de vivência com a apresentação da banda Utrason, formada a três anos, mas com uma nova formação. Juntos a seis meses, os amigos Rapha Pinheiro (vocal/guitarra), Vitor Rodolfo (Guitarra/ voz), Guigo Farias (contra baixo) e Higo Sampaio apresentaram um repertório que foi de Nando Reis a Chris Cornell, passando pela composição própria intitulada “Bom Lugar”.
A banda Monomania, do estudante João Felipe, entrou na sequência trazendo a inconfundível dobradinha gaita e violão de Felipe, que também faz parte do Coral Corpo e Voz. A mostra também foi um espaço destinado para novas bandas, como a exemplo da I9, formada a apenas um mês e integrada pelo estudante do curso de Sistema de Informação Guilherme (contra baixo), o ex-aluno do IFMA Jáder no vocal, Gabriel Teles na guitarra e a participação especial do baterista Fernando Sobrinho. O repertório contemplou Paralamas do Sucesso com a canção “Meu erro”, a composição “Você se foi” de autoria do vocalista Jáder e ainda uma raridade da banda Cartahoc, com a canção “Já era”.
Os cantores do Coral Corpo e Voz também se apresentaram solo. Assim, quem encantou o público foi o jovem Moisanielson acompanhado de Maria Emília que em seguida fez dupla com a também integrante do coral Andrea.
A II Mostra de Talentos do IFMA reservou o encerramento para a maturidade das bandas de rock mais experientes, como a Absintho e a Móbille. A primeira trouxe para o público um repertório internacional recheado de clássicos do rock. Já a Móbille, formada pelos ex-alunos do IFMA, Sfânio (voz), Pedro (contra baixo) e Fernando Sobrinho (bateria) e o novo guitarrista Hugo, apresentou o equilíbrio entre suavidade de vocal e a força do rock, na interpretação da música “Luz dos Olhos”, marcada na voz de Cássia Eller. Na sequência, “Idade do Céu” embalou a plateia. A novidade ficou com a nova roupagem da canção “Garganta” de Ana Carolina, numa versão elaborada pela Móbille. Resultado: público feliz e satisfeito.
Assim, a tarde de apresentações cumpriu com o prometido: mostra de talentos dos jovens estudantes do Instituto Federal do Maranhão com música para todos os públicos e oportunidade para todos mostrarem seus trabalhos.
Confira a galeria de fotos:
Cultura em Tom Maior (Sesi) abre a II Mostra de Talentos do IFMA

Coral Corpo e Voz encanta o público com canções de natal



Ruan canta acompanhado de Jorge Leão. Repertório: de Roberto Carlos a Régis Danesse

Flagelo celebra a irreverência com Mamonas Assassinas

Danilo Palavra (violão) e Douglas Jorge (voz): amostras da rica música popular brasileira


Pedro e sua banda: instrumental para acalmar
Estilyarte: mpb por cantores do Corpo e Voz

Utrason: de "O mundo é bão, Sebastião" a Chris Cornell

Monomania: gaita, violão e voz


I9 surpreende com Cartahoc e música autoral

Mais talentos do Corpo e Voz: Moisanielson, Andrea e Maria Emília



Absintho: experiência em passeio pelo rock internacional
Móbille: sucesso entre alunos e ex-alunos, encerra a Mostra com versão própria de "Garganta"

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

FESTIVAL EM FOCO

Mostra de talentos musicais movimenta sábado a tarde no IFMA
Após a movimentada gincana cultural, no último sábado (12), quando a equipe CQC da galera de design gráfico e de produto levou a melhor e a Mobille, banda formada por ex-alunos do Instituto Federal do Maranhão, apresentou ao público uma mostra de seu trabalho, chega a vez da música tomar conta da próxima tarde de sábado do Instituto Federal do Maranhão. É a primeira edição da Mostra de Talentos do IFMA, que acontece no próximo dia 19 a partir das 14h30, no Campus Monte Castelo. O evento pretende reunir os talentos musicais da escola para uma tarde de apresentações culturais.
Segundo o professor Jorge Leão, a mostra tem como objetivo socializar os talentos dos jovens músicos que participaram do projeto Sarau Musical, desenvolvido durante todo o ano por alunos que compoem voluntariamente o projeto. "O evento também contará com a participação do projeto musical da escola Sesi, que trabalha o ensino de violão e canto coral desenvolvido nessa escola", informa o professor.
Na programação, estão confirmadas ainda as presenças das bandas Mobille e Absintho e ainda todo o encanto do Coral Corpo e Voz, formado por estudantes e servidores do IFMA.
Vale a pena dar uma passada no IFMA - Campus Monte Castelo e conferir o talento da turma da música da escola.

domingo, 13 de dezembro de 2009

GALERIA DO RECITAL EM FOCO

Na última terça-feira, 8, a música maranhense ganhou mais uma representante oficial no Canto Erudito. A soprano ludoviscense Cleidiane Silva se formou em Canto Lírico pela Escola de Música do Maranhão Lilah Lisboa de Araujo (EMEM) e o Ensaios em Foco acompanhou o recital de apresentação da artista.
No programa, Cleidiane foi acompanhada por músicos instrumentistas da EMEM e o coro Capela Brasileira. A apresentação foi dividida em três blocos, quando Cleidiane fez o passeio musical por canções de compositores como Fernando J. Obradors, Franz Schubert, Gabriel Fauré, Heitor Villa-lobos, J. Dowland, J. S. Bach, G. F. Haendel, A. Scarlatti, W. A. Mozart e G. Paisiello e ainda executou trechos de óperas como a "Ária de Lauretta da Ópera Gianni Schicchi" de G. Puccini e a "Ária de Norina da Ópera Don Pasquale" de G. Donizetti.

Confira a galeria de fotos do recital de formatura, cuja direção musical ficou a cargo de Ciro de Castro e produção e execução de Saulo Galtri e Jeisael Marx.
A pianista Ana Neuza Araújo acompanha Cleidiane Silva
Cleidiane Silva canta acompanhada do violonista Átila Martins

Músicos da EMEM: pianista Ana Neuza Araújo, Rogério Chaves no violoncelo,Lizianne Nina na flauta, Kenney Liberato na flauta e no violino e Thaynara Oliveira no violino


Thales do Vale acompanha Cleidiane no Trompete


Coro Capela Brasileira canta junto com Cleidiane



Cleidiane agradece a todos que a ajudaram a tornar o recital possível e se emociona ao abraçar o professor de canto que a acompanhou desde 2004: Ciro de Castro.

Cleidiane prende a atenção do público cantando ainda árias de óperas.