terça-feira, 27 de outubro de 2009

LANÇAMENTO EM FOCO

Comissão Maranhense de Folclore e Casa de Nhozinho lançam livro sobre cofos do Maranhão

Na cultura popular maranhense, a cesta de palha é típica. Conhecida como cofo, a cestaria confeccionada por artesãos com folhas de palmeiras nativas trançada, possui vasta utilidade e costuma fazer parte do cenário das casas tradicionais do estado. Pensando na história que há por trás de toda essa tradição, pesquisadores e antropólogos percorreram o interior do estado do Maranhão entrevistando artesãos e pessoas ligadas a produção e utilização desse tipo de peça. O resultado da pesquisa será lançado em livro, intitulado “Cofo, tramas e segredos”.

A iniciativa de reconhecer e difundir a importância e o valor econômico e simbólico do cofo para outros circuitos se deu a partir da união de forças de instituições e profissionais com interesse pelas diversas práticas e expressões da cultura popular. Longe de esgotar o tema, essa experiência se materializou num conjunto de registros com cerca de 1800 fotografias, 13 relatórios e 72 entrevistas feitas com homens e mulheres que através de seus conhecimentos e histórias, dão cor, textura e sentido a esta publicação.
Segundo a comissão que realizou a pesquisa, a reflexão feita no livro está apoiada em trabalho de campo que se desenvolveu entre os meses de junho de 2007 a janeiro de 2008. Inicialmente pensadas para ser realizadas em 12 municípios, as viagens expandiram-se para 24 localidades em diferentes regiões do estado, escolhidas devido à marcante utilização do cofo nas atividades cotidianas. Entre as cidades visitadas estão: Alcântara, Axixá, Bacurituba, Carutapera, Caxias, Cedral, Central do Maranhão, Codó, Cururupu, Guimarães, Icatu, Itapecuru-mirim, Matinha, Mirinzal, Morros, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Raposa, Rosário, São Bento, São Luís, Viana.
O lançamento do livro “Cofo, tramas e segredos” acontece na próxima quinta-feira, 29, a partir das 18h na Casa de Nhozinho, localizada na Rua Portugal, nº 185, Praia Grande, São Luís-MA.

2 comentários:

Mary disse...

Essa semana está lotada de coisas boas no Centro Histórico, pelo visto! Gostei do tema, pena que não pude dar uma conferida. :(
Mas amanhã apareço por lá pra prestigiar o Praia Grande das Artes.

bjos!

Talita Guimarães disse...

Olá, Mary!!!

Nosso Centro Histórico tem muito potencial pra realizar essas atividades.E é muito bom saber que esse lugar que respira cultura e história está com esse fôlego todo, realizando atividades culturais e movimentando a cidade.
Difícil é escolher entre tantas coisas, o que prestigiar primeiro!!!

Nos encontramos por lá, Mary!!!

Abraços e obrigada pela visita!