domingo, 29 de novembro de 2009

CULTURA EM FOCO

São Luís recebe II Conferência Estadual de Cultura de 02 a 04 de dezembro
Por Talita Guimarães, com informações da Secma
Em 2009, a diversidade cultural esteve em pauta. São Luís foi eleita a Capital Brasileira da Cultura. O ano foi dedicado a apreciação da cultura da França no Brasil. A festa da literatura na Praça Maria Aragão abraçou a diversidade trazendo para a feira teatro, cinema, música e artes plásticas. E em dezembro chega a vez do Estado debater a chamada diversidade
Com o tema "Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento", o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura, realiza entre os dias 02 e 04 de dezembro no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana em São Luís, a II Conferência Estadual de Cultura.
O evento constitui um fórum participativo que reunirá entre artistas, produtores, gestores, empresários, conselheiros, patrocinadores, pensadores, ativistas da cultura e sociedade civil em geral, representantes de mais de 120 municípios maranhenses. A intenção é debater sobre temas referentes a cultura brasileira e a multiplicidade de aspectos: a diversidade. Nesse sentido, a conferência pretende levantar questões como formas de valorização ao pluralismo, expressões e opiniões. E espera discutir proposições e estratégias de fortalecimento da cultura e universalização do acesso à produção e usufruto. Além disso, o evento segue os tópicos previstos pelo Ministério da Cultura (MinC) e para sua realização a nível estadual foram feitas conferências municipais até chegar ao nível de execução estadual.
Os eixos temáticos que serão discutidos na conferência são os mesmos em debate em todo o Brasil, conforme estabelecido pelo MinC. Para discutir sobre cada um desses eixos foi convidado um especialista em Comunicação e Cultura.

Produção Simbólica e Diversidade Cultural será debatido pelo professor da Universidade Federal do Maranhão, Francisco Gonçalves, doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Para comandar as discussões sobre Cultura, Cidade e Cidadania foi convidada Ângela Phrysthon, doutora em Teoria Crítica e Estudos Hispânicos pela Universidade de Nottingham e professora da Universidade Federal de Pernambuco.

O eixo Cultura e Desenvolvimento Sustentável será apresentado por Luiz Martins da Silva, doutor em Sociologia e professor da Universidade de Brasília. Para a temática Cultura e Economia Criativa a convidada é a coordenadora geral de Políticas Públicas do Ministério da Cultura, Juliana Nolasco Ferreira. Finalizando o quadro, o assessor do Ministério da Cultura (representação Nordeste), Jorge Edson Garcia, sociólogo, produtor e pesquisador cinematográfico, que irá nortear as discussões sobre o eixo Gestão e Institucionalidade da Cultura.
A expectativa da organização é que cerca de 1500 pessoas passem pelo evento durante os três dias de atividades. Sendo que mais de 600 participantes desse montante são delegados municipais. "Esses representantes terão direito a voz, o que significa votar propostas, por eixo temático, e escolher delegados para a Conferência em Brasília", contou Rosenir de Mesquita, chefe da Assessoria de Planejamento e Ação Estratégica da Secma.
Representantes da sociedade civil também poderão participar das discussões da II Conferência Estadual de Cultura. Estão sendo disponibilizadas 200 vagas para o público. Para se inscrever, os interessados devem visitar o site da Secretaria de Estado da Cultura, até o início da próxima semana. O endereço eletrônico é http://www.cultura.ma.gov.br/ .

Já a programação completa e as diretrizes da II Conferência Estadual de Cultura podem ser conferidas na página http://www.idwg.com.br/cnc .

Nenhum comentário: