sábado, 23 de outubro de 2010

MONOGRAFIA EM FOCO

Da arte de monografar

Ensaios em Foco é formando. Sim, estamos concluindo o curso de Jornalismo, vivendo a expectativa de finalmente vestir a beca de faixa vermelha, tirar fotos com a mais nova turma de jornalistas do pedaço, apertar a mão do diretor e vibrar ao receber o diploma. Mas tenhamos calma, antes da festa tem muito trabalho a cumprir ainda. O último período da faculdade não tem sido nem um pouco manso. Muito pelo contrário, cortamos um dobrado para dar conta das disciplinas do período que em sua maioria pouco tem a ver com os temas das pesquisas que “monografamos”. Sem contar do frio na barriga pelo término de um ciclo importante e o descabelamento diário com o temido trabalho de conclusão de curso, a famosa monografia. E é sobre ela que falaremos agora!

Este blog completou dois anos em setembro e durante este tempo procurou expor a produção acadêmica de quem é jornalista em formação. Além de tratar temas relacionados à prática jornalística, falamos de outros assuntos, como música, cinema e literatura. Publicamos felizes parcerias.

Em 2010, a blogueira que mantém este espaço apontou o foco para o estudo da intersecção resultante da aproximação da comunicação com a educação. A intenção era trazer parte dos debates e leituras proporcionados pela pesquisa do trabalho de conclusão de curso para o blog, mas nem sempre foi possível. Acabamos privilegiando a publicação de crônicas, entrevistas e notas sobre eventos culturais. Pois bem, aqui vai uma tentativa de explicação: monografar é uma arte que ainda não dominamos. Ler inúmeros autores e dialogar com eles, percebendo também o diálogo existente entre eles não é tarefa simples. Por isso, optamos por entender primeiro quem são, o que dizem, até que ponto dialogam, quando concordam e quando divergem, para trazer algum material coerente para o Ensaios em Foco. Fazer isso durante o turbilhão de leituras e ideias talvez não fosse uma boa ideia.

Por tudo isso e também pela proximidade com a entrega do material produzido seguido da defesa do tema pesquisado, o Ensaios em Foco tem sido pouco atualizado. Contudo, temos em curso ideias para novos textos, pautas e séries, para quando esta fase de descabelamento acadêmico se encerrar, voltarmos o foco para este ensaio. Porque parafraseando o que diria uma de nossas autoras mais lidas, a socióloga Gaye Tuchman, viver (leia-se estar em estado de monografia) é “aparentemente simples, inextricavelmente complexo”.

2 comentários:

Í.ta** disse...

que legal este escrito. trabalhos de conclusão de curso também propiciam produções blogueiras das boas :)

tem tim burton lá no um-sentir :)

beijos.

José María Souza Costa disse...

Parabens para o jornalismo do amanhã. Estava lendo o seu blog, muito bom por sinal. Belissimo.Estou lhe convidando a visitar o meu blog, e se possivel seguirmos juntos por eles estarei grato lhe esperando lá
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com